Resumos literários

Um dos meus passatempos no Facebook, que tem aquela tela na qual você deve escrever o que está sentindo ou fazendo é escrever resumos absolutamente irresponsáveis e impensados de grandes obras literárias. Veja algumas das entradas recentes:

Rodrigo Leao acaba de escrever uma versão resumida de “O Grande Sertão: Veredas” para quem não tem o hábito da leitura: Riobaldo faz uma pá de coisas, fica a fim do amigo que é uma mina e depois segue seu caminho. Semana que vem: o resumo da Bíblia.

Rodrigo Leao prometeu o resumo da Biblía e vai cumprir: Deus criou tudo. Deu o maior bafafá. No final rolou o Apocalipse e fudeu tudo de uma vez.

Rodrigo Leao resume desta vez “Vidas Secas”, de Graciliano Ramos. A versão agreste de “Marley e Eu”.

Rodrigo Leao volta do nada com mais um resumo literário, desta vez para “Fernão Capelo Gaivota”: a história de um passarinho que pensava que era o Paulo Coelho.

Rodrigo Leao resume “Lolita”: um velho tarado e uma adolescente vadia se fodem em vário sentidos.

Rodrigo Leao resume, arriscando perder ainda mais amigos, “O apanhador no Campo de Centeio”: um adolescente playboy age da forma que se espera.

Rodrigo Leao resume “O Conde de Monte Cristo”: Um cara ferra o outro. Aí o outro se vinga.

Rodrigo Leao resume, atendendo a pedidos, “Crime e Castigo”: um truta abraça um 121, não segura a bronca e acaba assinando o B.O.

Rodrigo Leao resume — de forma talvez até polêmica — “Cem Anos de Solidão”: uma novela mexicana que se passa na Colômbia.

Rodrigo Leao resume de forma absurda e irresponsável “O Velho e o Mar” de Hemingway: um velhinho zicado pesca um peixão mas não consegue fritar.

Rodrigo Leao segue com seus resumos breves para grandes obras literárias com “A Metamorfose” de Kafka: um cara vira uma baratona e a partir daí sua vida só piora.

Rodrigo Leao segue resumindo grandes livros. Hoje, “Moby Dick”: o assassino é a baleiona branca.

Rodrigo Leao , atendendo a pedidos, resume “A Montanha Mágica”: um cara já todo fudido se apaixona, se fode mais ainda e morre infeliz.

Quem não gostou pode me agredir no Facebook.
E quem me agredir eu apago da lista de amigos e nunca mais vejo. É por essa e por outras qu eo facebook está acabando com os blogs.

Postado por Rodrigo Leão

Anúncios

6 Respostas para “Resumos literários

  1. HAHAHA.
    Muito bom, Rodrigão!!!
    Ainda não tenho Facebook, mas to pensando em criar um só pra ler suas novas obras…

    Abs.

  2. Muito bom!

    Rodrigo, esses “updates” no Twitter seriam sensacionais também!

    Grande abraço!

  3. 30 anos é idade para não conseguir mais acompanhar a tecnologia?
    Eu tenho o facebook, mas não tenho paciencia e mexer naquela p…!!!!
    A única coisa que eu sei fazer é aceitar as pessoas…rs…rs…

  4. Thiago Carvalho resume Rodrigo Leão no Facebook:

    “Cara muito gente fina que só sabe ver lados escusos das coisas…”

    Pronto falei.
    Abraço

  5. kkk…posta mais resumos aí, Rodrigo…apenas uma mulher, o coração das trevas, o médico e o monstro, os miseráveis, guerra dos mundos, suave é a noite, esperando godot…

  6. Posso tentar também?

    “Memórias Póstumas de Brás Cubas” – Defunto fresco narra do túmulo sua vida fracassada.

    “Amor nos Tempos do Cólera” – Homem é apaixonado por mulher, que se casa com outro. Homem espera o marido morrer – de velhice – e enfim traça a mulher – que já é velhota.

    “O Estrangeiro” – Homem tem dor de dente e mata um árabe.

    “Homem Comum” – Nasce um bebê comum. 70 anos depois morre um velho comum.

    “Os Irmãos Karamazov” – Três irmãos bem chatinhos tem que aturar o pai folgado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s