Pop Prop demitida do METRO

Hoje (17/02/09) às 11h40 recebi a ligação da minha amada editora Noelly Russo, do Metro, me avisando que o novo presidente do jornal, um senhor chamado Antonio Teles demitiu sumariamente todos os colunistas da sessão Vozes do simpático gratuito para instalar o padrão “Band” de qualidade no jornal. Segundo informações da própria Band, Antonio Teles é um homem cuja biografia é muito mais do que apenas uma longa página em branco — coroada por seu emprego como papagaio de divulgação do Presidente José Sarney. Não. É também um homem capaz de impor um “padrão”de qualidade “Band”.

Enquanto muitas pessoas preferem a gonorréia ao padrão “Band” de qualidade do Sr. Teles não posso dizer que vou chorar muito pelos míserios trocados que tão suadamente ganhava do jornal. Digo suadamente pois o financeiro do Metro sempre dava uma canseira pra pagar. Só escrevia mesmo porque eu gosto de fazer bagunça. Larguei o jornalismo em 1994 quando descobri que um redator publicitário ganhava 10 vezes (não metafóricas) mais do que um editor da Ed. Abril (meu cargo então). E como diz o André Midani: “Você vale quanto você cobra.”

Por outro lado eu vou sentir muita falta e vou chorar muito de saudade das cartas que recebia dos leitores. Essas sim, inesquecíveis. As afetuosas, as raivosas, as solidárias, as confusas, as puxa-sacos, as ameaçadoras, enfim, todas elas. Porque não existe motivo pra escrever outro que não mobilizar os leitores a pensar, a reagir, a rir e por vezes até a escrever de volta pra você.

Agradeço a você, que me deu a honra de ler algumas das bobagens que escrevo e que quiçá, vai seguir acompanhando os textos pelo blog.

A rede internacional Metro é fantástica e criativa, tendo inventado um padrão gráfico e editorial que é sucesso no mundo todo. A Band, nascida e criada sob o signo da mediocridade, tenta agora rapinar o trabalho e talento da rede internacional e tenta se movimentar pra ficar com o negócio pra si. Típico.

Agora, lendo a biografia do Antonio Teles abaixo (que eu peguei no site da Band), alguém me explique como é que “atividades no setor de criação publicitária”qualificam alguém pra ser Coordenador de Divulgação da Presidência da República no Gabinete Civil? Pra quem será que ele mostrou a pasta? E que tipo de pasta era essa? Bom, se bem que pra divulgar o que o Sarney fazia de um jeito positivo só mesmo com muita capacidade criativa.

No fim do dia, conversando com meu grande amigo, e certamente um dos melhores diretores de programação de rádio do Brasil, Eduardo Santos (que mais do que triplicou o faturamento da Ipanema FM de POA enquanto segmento declinava acentuadamente) ele me contava que está passando uns dias na praia da Gamboa, em SC, e que lá encontrou o escritor Eduardo Bueno, o Peninha — o cara que conseguiu escrever todos aqueles best-sellers sobre a verdadeira história do Brasil. Conversa vai, conversa vem, bebida vai, bebida vem, eles chegaram a conclusão que num país como o Brasil, onde quase tudo está errado, um homem de verdade precisa ter inimigos. Hoje eu espero ter conquistado pelo menos um.

telles1

Antonio Teles

Mineiro de Monlevale, o jornalista Antonio Teles, iniciou sua carreira em 1962, como repórter no jornal Última Hora. Posteriormente seguiu para a TV Rio e TV Belo Horizonte, onde chegou ao cargo de Redator-Chefe. Também trabalhou no Jornal O Globo e na TV Globo em São Paulo e Belo-Horizonte, nas Rádios Itatiaia, Vila Rica e na Bloch Editores. Além do jornalismo, Antonio Teles desenvolveu ainda atividades no setor de criação publicitária, experiência que lhe rendeu o cargo de Coordenador de Divulgação da Presidência da República no Gabinete Civil da Presidência em 1986.

Postado por Rodrigo Leão

Anúncios

15 Respostas para “Pop Prop demitida do METRO

  1. “Padrão Band de qualidade”? É óbvio que vc está fora. Graças à Jah! Continue nos alimentando de “bobagens” pelo blog… No melhor Padrão Leão de Qualidade!
    Beijos…

  2. Isso é realmente muito triste, pensando que o Metro é um grande meio de comunicação e que muitos como eu, esperava as quintas pra ver o que você iria escrever, mas tudo bem! Visitaremos o seu site com mais frequência e fortaleceremos a amizade atráves dos comentários.
    Tudo de bom pra vc!
    Abraços
    Ana

  3. o metro vai ficar uma merda! pena!!!

  4. Aloha!

    Saiba que eu conheci seu blog por causa do Metro, que eu julgava ser um jornal completo, dinâmico, diferente, etc e tal.
    Mas agora querem “embundar” o jornal?
    Pois é…

    Vou continuar a ler o metro, mas dificilmente lerei o brasileiro… Fui comparar o daqui com o da França e notei toda a diferença!

    Não vou ficar que nem retardada aqui gritando “seguirei seu blog até a morte”, até pq seria tão ridículo quanto a própria band. Porém vou manter a assinatura do seu feed, pq seu blog é mara!

    Aloha!

  5. Aloha!

    Mas cara, vc escreve muito bem. E eu vi seu “crescimento”.
    Nunca vou esquecer quando eu li um post seu q tinha um link quebrado. Morri de dar risada!
    *Confesso!*

    Segue em frente e não pare de crescer, ok?

    Aloha!

  6. Bicho, nem precisa dizer que quem perdeu foram eles…
    Vc sempre será O CARA!!!
    Abs.

  7. Colega de profissão e amigo blogueiro, Rodrigo Leão fazia parte da rotina de quinta, onde sua coluna assim como a de demais companheiros agradavam e geravam conteúdos, discussões e descontrações.

    Aqui não fica apenas um espaço em branco no papel até que bem impresso, fica uma falta de informação.

    Abraço e continuamos por aqui.

  8. Uma pena… a sua coluna e a da Jo eram as melhores… uma das razoes pra eu querer pegar o Metro de terça e de quinta…
    Depois dizem que em time que esta ganhando nao se mexe…

  9. É impressionante a imcompetência do padrão “Band” de qualidade!!! Trocaram sua coluna por uma sessão ridícula de “dicas de programas alternativos” que todo mundo tá cansado de saber…

  10. o Teles foi demitido do cargo de VP Executivo depois de afundar a empresa juntamente com seu colega genial Marcelo Parada e depois ambos contratados para o metro, ficam ali em volta do Joao Saad mendigando as migalhas que lhe restam além do ridiculo programa que faz a noite de domingo com a voz do pato donald e o outro com a voz fininha de teletubbies. Televisaozinha “Muito Louca”

  11. Sofrivel Rodrigo.
    Sorte sua não se misturar com a chineléia.
    Abria o meu vidro para pegar o METRO apenas então somente às quintas.
    Não vou mais me dar ao trabalho.

  12. Notei que o sr. Teles demitiu QUASE todos os colunistas do Metro, deixando apenas Marcelo Parada, ‘prata da casa’, escrevendo às sextas.

    Parada que, como Teles, não faz – e não quer fazer – idéia de quem é o leitor do Metro, e assim escreve para si e para o(s) chefe(s), com textos que vão do óbvio-prolixo ao saudosista explícito (Ah… como era boa a São Paulo de 1948…).

    Enfim, meu caro, estão mesmo fazendo o jornal para eles: Band, e assim, acabam por faze-lo para ninguém.

    E o curioso é que o Metro é hoje presidido por aquele que sempre foi o mais ferrenho crítico do projeto! Só na Band mesmo…

  13. Confesso que quando vi que não tinha seu editorial na quinta antes do carnaval achei que fosse apenas pra colocarem umas bobagens que tinham a ver com a festa, mas ontem também não tinha… resolvi vim aqui e me deparo com isso.
    Acabaram se as boas leituras de quinta, as boas críticas do jornal.
    Acompanharei vc por aqui.

    Quem perde são eles!

    Não deixe de escrever e fazer suas ótimas campanhas na Casa Darwin.

    Abraço!

  14. Coincidência. Outro dia eu estava zapeando e vi que o grande Mário Sérgio Cortella estava em um programa da Band, domingo à noite. Ele estava destruindo um tiozinho com voz de cigarro. A surra foi tamanha que dava para perceber o pânico desse senhor toda vez que tinha que debater com o Cortella. Acabei descobrindo que a figura bizarra era o seu quase novo ex- “patrão”!!
    Padrão Band de qualidade. Tv falida, que só sobrevive graças às igrejas pentecostais. Foi a segunda mais importante do Brasil. Hoje deve perder até para o Canal do Boi.

    Abs

  15. …alguém me explique como é que “atividades no setor de criação publicitária”qualificam alguém pra ser Coordenador de Divulgação da Presidência da República no Gabinete Civil? Pra quem será que ele mostrou a pasta? E que tipo de pasta era essa? Bom, se bem que pra divulgar o que o Sarney fazia de um jeito positivo só mesmo com muita capacidade criativa.

    Rodrigo, como vc é inoscente kkkk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s