Uma cortina de fumaça para Michael Phelps

phelpsbong

O nadador americano Michael Phelps conquistou 14 medalhas de ouro em Olimpíadas. Seus feitos sobre-humanos, no entanto, parece que vão virar fumaça depois que surgiu uma foto sua sugando um narguilé (um cachimbo com um aparato de água) supostamente com maconha dentro.
Ao contrário de gente mais preparada, como Bill Clinton, Marcelo D2 e o Príncipe Harry, Michael Phelps assumiu tudo, pediu um monte de desculpas e perdeu um patrocinador —os outros vão apertar mas não vão cancelar agora. Obviamente o efeito continuado do cloro sobre seu cérebro o impediu de preparar respostas adequadas para se defender da acusação. Segue então uma lista de respostas que Michael Phelps poderia ter aplicado:

1.    Dãã. Eu fumei. Mas não traguei.
2.    Pretendo trabalhar como retocador de fotos quando abandonar as piscinas. Eu mesmo montei essa imagem pra lançar minha carreira.
3.    Dá pra ver perfeitamente que eu estava assoprando o cachimbo.
4.    O Keith Richards me pediu pra segurar aquela parada pra ele e eu estava checando se não era nada de ilegal.
5.    Bem que eu estranhei, mas me garantiram que aquilo era o novo console do Wii.
6.    Gente, vocês sabem que eu não posso ver uma água que eu já vou me jogando, né?
7.    Vocês vão acreditar em mim, que tenho 14 medalhas de ouro olímpicas, ou nesses seus olhos que a terra há de comer?
8.    Eu como 12 mil calorias por dia e estava apenas tentando ver se podia comer aquele trem.
9.    Ah, eu só estava querendo dar uma chance pros outros nadadores.
10.    Pelo menos eu não fui pego com dois travestis e cocaína num motel.
11.    Primeiro de abril!
12.     Haviam armas de destruição em massa dentro daquele cachimbo.
13.    É. É. É. Eu acho que o bagulho é de quem tá de pé-é.
14.    Minha lente de contato caiu dentro daquele treco e eu estava tentando pegar.
15.    Ok. Eu confesso tudo. Eu sou um atleta de laboratório. Aquele era o tubo de ensaio onde eu nasci.
16.    Aquilo não era um bafômetro?
17.    Vocês só tão falando isso porque não viram as minhas fotos com a cabra.
18.    Essas estátuas de cera da Madame Trousseau são mesmo incrivelmente realistas!
19.    Não podemos negar nem afirmar neste momento a existência ou não de substâncias tóxicas ou não naquele cachimbo. Ou não.
20.    Foi o Mark Spitz que armou esse flagrante.
Mas finalmente temos de agradecer ao Michael por nos dar mais esta amostra de como o mundo é muito mais complicado, confuso, divertido, inesperado e magnífico do que jamais conseguimos imaginar.
Publicado por Rodrigo Leão

Anúncios

6 Respostas para “Uma cortina de fumaça para Michael Phelps

  1. O esfarrapado, falando do roto

    Comentário do Blogueiro:
    Heitor, comentar com frase feita já é uma merda. Comentar com ditado de velha de Sorocaba e com uma vírgula no lugar errado é a total ausência de personalidade e intelecto. O que você está tentando nos dizer? Seria Michael Phelps esfarrapado porque fumou maconha?
    Ou porque ganhou tantas medalhas de ouro olímpicas?
    Seria eu um roto porque você supõe, em seu completo desconhecimento, que eu seja maconheiro? Ou pior, medalhista olímpico?
    Se vai detonar, detone. Se vai elogiar, elogie. Mas esse tipo de comentário dá vergonha.

  2. Caro Rodrigo – obrigado pelo convite, mas não vou detonar, pois prefiro o bom nível.
    Não conheço Sorocaba, mas conheço o ditado, que é o inverso do que escrevi, propositalmente. Por isto, a vírgula. Entenda como quiser, ou puder.
    Ah sim, me desculpe se você entendeu, ou assumiu para si o assunto da maconha. Oooppss – o comentário não foi pessoal e tão somente remetido a categorias ou atividades, pois, em se tratando de desportistas (e não creio ser esta a sua profissão mas sim o meu hobby) me parece incomum o uso de drogas como você sugeriu no seu post.
    Eu não tenho a obrigação, mas você sim, e se almeja uma pretensa medalha, jornalística que seja, comece por aprender em como escrever corretamente – dentre outros erros começando por saber que o verbo haver não permite plural, em se tratando de existência. “Não havia armas de destruição em massa dentro daquele cachimbo”, moço. O Metro e a Rede Bandeirantes não têm um bom revisor???
    Mais ainda, se pretender mostrar que conhece o mundo além Vila Madalena, aposto – pesquise antes de escrever bobagem. Madame Trousseau não existe meu caro e sim a casa Madame Tussauds, em diversos lugares do mundo. Ainda que sejam bonecos, como você mencionou “estátuas de cera” assumi que estava tentando se referir ao que ora te indiquei, acima.
    Mas quero que saiba que normalmente gosto do que escreve e vou continuar lendo a sua coluna no jornal que recebo gratuitamente na esquina de casa ao sair pela manhã. Só não gosto que você, gratuitamente, ataque uma categoria que eu e muitos outros, pertencem.
    Por isto e por ora, só elogiei, contrariando o seu convite para detonar. Fica para próxima, desculpe-me.
    Heitor

    Comentário do Blogueiro:
    Heitor,
    Que categoria é essa a qual você pertence e que eu não entendi até agora e que eu ataquei?
    Maconheiros não pode ser. Sou a favor de todos os drogados, bêbados, prostituídos, doidos e alienados. Aliás se o texto fosse mais a favor dava apologia e eu ia em cana.
    Nadadores, também não pode ser. Um esporte completo que pratiquei a vida toda.
    A categoria dos comentaristas divergentes? Tembém não pode ser. Acho-os fantásticos — se não, não perdia meu tempo aqui fazendo um blog pra gente estranha que não me paga nada por isso.
    Não sei como saiu publicada a coluna no jornal pois eu não trabalho lá e não acordo cedo pra pegar.
    Muitas vezes eles cortam coisas e dão aquele tapa que caga tudo.
    Você tem razão. Meu português é uma merda e eu não checo as informações direito.
    Em compensação o Metro também nunca me paga em dia. Então fica tudo na moral.
    Desse comentário eu gostei muito. Especialmente por ser educado e agressivo ao mesmo tempo.
    Valeu!!

  3. Eca. Mas que sujeitinho passivo-agressivo…
    Acho que o colega leu, mas não entendeu o post.
    Cadê o seu senso de humor, caro Heitor?
    Beijão pra você. Tô torcendo aqui, viu?

  4. 21. Hamm?! Num tô sentindo nada…
    Perai, o neguinho nada barbaridade, se deixar o cara sai pra fora da piscina, o que tem de mais o cara dar uma bolinha com os malucos de vez em quando? Hoje é sexta-feira, relax.

  5. Hahahaha! Adorei a lista de respostas, principalmente o item 19. Hilário!
    Ah, pelo menos ele assumiu, vai. Vamos dar uma estrelinha dourada para o infeliz exibir ao lado das 14 medalhas. Se ele tivesse negado toda a história estaríamos aqui maldizendo o pobre diabo pelas calúnias inventadas. Tem muita gente por aí que é pêga em flagrantes muito mais comprometedores e constrangedores e ainda tenta ludibriar o telespectador que acredita não só nesses olhos, mas também nos relatos e lentes fotográficas que a terra há de comer.

  6. Karen tem toda a razão!
    Quem não se lembra da história daquele ator, o Marcelo Antony pego em flagrante na Bahia pagando o bagulho que ele pegou do trafica com cheque?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s